CCXP 2016 – Foi épico pra c@r@l#0!

Oi, leitores e leitoras!
Quanto tempo, né?
Então, eu sei que andei sumido daqui por uns bons meses. Desde que voltei do FIQ de 2015 e desde que mudei de cidade, percebi que meu trabalho com os quadrinhos precisava se adequar à minha realidade.

E parece que toda essa mudança foi para me preparar para o maior evento de cultura pop do Brasil, a Comic Con Experience!
Se você estava em outro planeta durante os últimos meses, a feira aconteceu nos dias 01 a 04 de dezembro em São Paulo/SP. Este ano dividi a mesa com meu amigo Digo Freitas, o criador do Tinta Fresca e parceiro de projeto em 2016. Bom, na verdade, ao lado dos amigos Carlos Ruas, Pietro Progetti, Leonardo Maciel, Fábio Coala, Rafael Marçal, Wesley Samp e Fábio Ciccone, aquela região do Artists’ Alley virou quase uma mesa quádrupla!

strangerAliás, essa tem sido uma das melhores partes desde que levei meus quadrinhos pra fora de Hell City: estar no meio de tanta gente que produz HQ. Seja por hobby, seja profissionalmente, ou seja porque querer deixar sua marca no meio artístico. A energia de uma convenção é sempre boa!

É sempre bom rever tantos amigos depois de meses, encontrar pessoas que você só viu na internet, conhecer gente nova e conversar com pessoas cujo trabalho você admira.

E quando começa o “fervo” mal dá pra sair da mesa! A circulação de pessoas na CCXP chega a ser assustadora. Mas a vantagem é que isso sempre acaba trazendo gente que já teve algum contato com seu trabalho e, em ocasiões não raras, que já o acompanham há tempos!
Foi muito legal conhecer leitores de longa data do Café do Feliz. Apareceram alguns que conheciam o blog desde as primeiras tirinhas! Um deles é o Éttore, que apareceu de surpresa no domingo pra dar um abraço e retribuir o bar que ele ganhou de presente de aniversário em 2013:

bar

icaroAliás, a recepção do público superou expectativas!
Várias pessoas foram à nossa mesa já procurando o Tinta Fresca porque já tinham ouvido falar! Seja pela recomendação do Sidney Gusman no Universo HQ, pela resenha do Poderoso Porco no MDM, ou mesmo porque ouviu comentários, muita gente chegou à nossa mesa já com o Tinta na cabeça.
E a melhor parte foi quando um menino pegou a revista com os olhos brilhando dizendo que se chamava Ícaro (o protagonista do livro)! Sério, para quem faz quadrinhos, essas são as melhores recompensas! Posso dizer, tanto por mim quanto pelo Digo, que nossa função como quadrinistas foi cumprida com satisfação. E agradecemos a todos vocês, leitores, pelo carinho que estamos recebendo.

Claro que podia ter sido melhor. A reclamação geral sobre o evento foi o palco rock que estava bem próximo ao Artists’ Alley, fazendo a galera forçar o gogó pra conseguir ser ouvido. E o fucking palco da Netflix com seu fucking karaokê, que nos fez ouvir as piores interpretações de What’s Up do 4NonBlondes. Aquela música chiclete que tocou naquela cena memorável de Sense8. Graças à isso, agora eu odeio a série. ¬¬

O chato de você ir no evento pra trabalhar também é perder quase todas as atrações e painéis. Dos atores gringos, eu mal lembro quem estava lá. Não tive nem meia chance de pegar autógrafo de uns picas dos quadrinhos, como o Eduardo Risso, o Simon Bisley, o Frank Quitely, etc.
Mas consegui tirar uma foto com a Laerte! =D
laerteDe qualquer jeito, são quatro dias inesquecíveis para qualquer fã de quadrinhos e cultura pop, tanto para quem está do lado de lá quanto do lado de cá da mesa do Alley.

Eu visitei a CCXP em 2014 como fã e foi uma das melhores coisas que fiz naquele ano. O evento já começou gigante e cresceu ainda mais. Não só pelo número de novidades relacionadas às séries, aos filmes e aos personagens icônicos que amamos, mas pelo cuidado que os organizadores têm em nos proporcionar uma experiência inesquecível. E porque cada vez mais tem coisa pra ver e cada vez mais tem talentos nacionais para se descobrir.

Por falar nisso…img_20161205_130819

Esses são os quadrinhos que trouxe de volta comigo. Alguns eu havia apoiado no Catarse e retirei no evento, mas a maioria foi tipo “shut up and take my money” mesmo. E olha que só não levei mais porque não ia aguentar carregar a mala de volta pra casa!
Quadrinhos estes que foram feitos por essa galera aqui, ó:
quadrinistas

Gente bagarai, né? Pois aí nessa foto mal tinha um décimo da galera. O Artists’ Alley da CCXP contava com uns 400 artistas. Ainda terei uma oportunidade de falar mais sobre os quadrinhos nacionais (independentes ou não) produzidos por toda essa gente querida.

Por enquanto, me despeço de vocês, leitores e leitoras.
Antes, quero deixar um agradecimento especial ao Digo, pelo profissionalismo e pela parceria nos quadrinhos e nos eventos que participamos este ano. Um grande abraço a todos os amigos e amigas quadrinistas, cuja lista já é grande demais pra lembrar de cabeça e não quero correr o risco de deixar ninguém de fora.
E um muito obrigado a todo mundo que pôde comparecer ao evento e dar um pulinho na mesa A16 para dar um abraço e levar um quadrinho, print, botton ou caneca.
Deixo também minha eterna gratidão a todos vocês que me incentivam a continuar a trilhar esse caminho que eu amo. A todos que compartilham posts, deixam seus comentários ou trocam uma ideia no twitter.
Vocês moram no meu S2!

-Feliz

P.S. Vocês já devem ter visto um certo teaser na fanpage e no twitter, mas vou reiterar que em breve teremos novidades!

Anúncios

E agora, José?

A Bienal acabou, o Tinta Fresca lançou, o desenhista sumiu…

Então, leitores e leitoras. Depois de meses de produção do Tinta Fresca, HQ que eu desenvolvi com o Digo Freitas, finalmente pude parar e descansar. Mas e agora? O CdF vai voltar, certo?
Bom, talvez a resposta não seja exatamente do agrado de muitos de vocês.

Durante a produção da HQ eu avaliei e repensei todo meu trabalho como criador. A conclusão que cheguei é que eu precisava mudar completamente minha linha de trabalho. Desde minha mudança para Curitiba, postar tiras de segunda a sexta tornou-se impossível, pois minha rotina mudou drasticamente. Mesmo postando 3 vezes por semana eu sentia que não estava cumprindo com minha proposta inicial para o blog. Parecia que eu não tinha exatamente algo a dizer e as histórias estavam perdendo o propósito.

Quando o CdF começou, lá em 2012, eu era uma pessoa completamente diferente do que sou hoje. Na época eu não sabia muito bem onde eu queria e poderia chegar com isso. Só comecei a desenhar e foda-se. Depois que passei a conhecer melhor a realidade da produção de quadrinhos no Brasil percebi que talvez o formato que eu estava publicando não seria adequado ao que eu quero fazer.

Por isso as coisas vão mudar um bocado. Pretendo seguir escrevendo e desenhando histórias maiores agora. Ao invés de publicar uma tira ou uma página, pretendo publicar capítulos inteiros. Isso significa que as atualizações serão bem menos frequentes. No momento estou escrevendo uma HQ mais longa e vocês poderão acompanhá-la aqui ou através da fanpage. Também estou desenhando uma história para minha amiga Chairim Arrais, parte da série vampírica Mare Rosso, de criação dela. Aqui no blog você também poderá acompanhar um pouco do processo de produção das HQs e outras notícias, como eventos e alguns reviews.

Mas não pensem que abandonarei o Felizverso. De forma alguma! Durante esses 4 anos me apeguei demais a esses personagens e não pretendo esquecê-los. Tanto que a HQ que estou escrevendo (e as que estou cozinhando na cabeça) se passam no universo das tiras, com os personagens que você já conhece e ama e mais alguns novos que espero que vocês gostem tanto quanto eu estou gostando.

Bom… por enquanto é isso, leitores e leitoras. Eu realmente sinto muito desapontar quem estava esperando o retorno triunfal do CdF com as tiras regulares. Espero que a nova fase seja bem recebida e que as mudanças sejam para melhor.
Abraço a todos.
-F

Então…

Oi, leitores e leitoras.

Eu estou devendo uma explicação para a falta de atualizações, né?
Pois bem, como vocês já sabem, a campanha do Tinta Fresca está chegando na metade. E como a previsão de entrega da HQ aos apoiadores é na Gibicon de Curitiba (que deve rolar em setembro), a produção está a mil.

Portanto, o Café do Feliz e eu estamos dando um tempo em nosso relacionamento.
Por enquanto, concentrarei meus esforços no Tinta Fresca. Ainda estarei disponível no Twitter e no Facebook. Eventualmente postarei algumas tiras antigas e novidades sobre o projeto, que aliás, está ficando bacanudo, dá uma olhada:

pág 06 pág 07

06_07

Enfim. Por enquanto é isso, pessoal. Lamento muuuito ter que suspender as atualizações.
Por enquanto vou tirar umas férias dos meus queridos personagens e histórias. Espero voltar com todo gás para criar arcos memoráveis.

Não esqueça de apoiar: http://catarse.me/tintafresca

-Feliz

Especial: Dia do Quadrinho Nacional!

Olá, caros leitores e leitoras!

Dia 30 de janeiro (também conhecido como hoje) comemoramos o Dia do Quadrinho Nacional!

Além dos mestres já consagrados, muita gente vem lutando para conseguir seu espaço na nona arte no nosso Brasil varonil. E a qualidade do material (tanto editorial quanto independente) só tem crescido. Por isso, para promover o quadrinho nacional, vários autores (incluindo este que vos fala) participaram de um amigo oculto!

A ideia é que cada quadrinista fizesse um desenho de um personagem seu junto com o personagem do sorteado. E meu amigo oculto foi um cara que ficou ao meu lado nesse meu ingresso ao universo dos eventos de HQ. Nesse caso, literalmente, pois tanto na Fest Comix quanto no FIQ ficamos de mesas coladas!
O grande Hugo Nanni!

dia do quadrinho nacional_Nanni

Durante o dia, os participantes postarão seus desenhos em suas respectivas páginas. Não deixe de acompanhar para ver esta homenagem divertidíssima!
Seguem aí os links:

Chairim (As aventuras da Bruxinha Mô) » Digo Freitas (Diário de ideias gráficas quase originais)
Digo Freitas (Diário de ideias gráficas quase originais) » Rafael Marçal (Proféticos)
Rafael Marçal (Proféticos) » Yoshi Itice (Manjericcão)
Yoshi Itice (Manjericcão) » Felipe Cagno (321: Fast Comics)
Felipe Cagno (321: Fast Comics) » Nicolas Cares (23 Comics)
Nicolas Cares (23 Comics) » Vinícius Gressana (Café do Feliz)
Vinícius Gressana (Café do Feliz) » Hugo Nanni (Mondo Hugo Nanni)
Hugo Nanni (Mondo Hugo Nanni) » Ana Luísa Medeiros (Ana e o sapo)
Ana Luísa Medeiros (Ana e o sapo) » Michel Ramalho (Ramsés)
Michel Ramalho (Ramsés) » Marcos Noel (Gi e Kim)
Marcos Noel (Gi e Kim) » Fábio Coala (Mentirinhas)
Fábio Coala (Mentirinhas) » Bruno Borovac (Baboom)
Bruno Borovac (Baboom) » Mario Cau (Terapia)
Mario Cau (Terapia) » Pedro Netto (Por que Pedro?)
Pedro Netto (Por que Pedro?) » Carlos Ruas (Um sábado qualquer)
Carlos Ruas (Um sábado qualquer) » Guilherme Bandeira (Objetos inanimados)
Guilherme Bandeira (Objetos inanimados) » Paulo Kielwagen (Blue e os gatos)
Paulo Kielwagen (Blue e os gatos) » Herbert Berbert
Herbert Berbert » Wesley Samp (Depósito do Wes)
Wesley Samp (Depósito do Wes) » Fernanda Nia (Como eu realmente)
Fernanda Nia (Como eu realmente) » Chairim (As aventuras da Bruxinha Mô)

E um grande abraço ao Pedro Netto por organizar a brincadeira! Foi muito divertido!
Enfim, se ainda não conhecia algum trabalho dessa galera, tá aí uma ótima forma de apoiar o quadrinho nacional.
Grande abraço!
-Feliz

2016: Como Proceder?

2016

Olá, caros leitores e leitoras!

Em 2016, o Café do Feliz entra em seu quarto ano de existência.
Durante este período vocês me acompanharam fielmente de segunda a sexta (e por um breve período, de domingo a sexta), com apenas alguns intervalos para recesso.

Este ano, infelizmente, precisarei reduzir esse ritmo. Em parte porque o tempo despendido para a produção dos quadrinhos tem aumentado cada vez mais nos últimos meses e não tenho conseguido manter o pique.
Porém, há mais um motivo, e é aqui que entra a boa notícia: este ano estou desenvolvendo uma HQ inédita em conjunto com um amigo desenhista!
Ainda não irei revelar quem é e não posso falar muito sobre o projeto, mas posso dizer que vocês terão notícias em breve e que pretendemos lançar ainda este ano em um dos grandes eventos de quadrinhos!
(E que vocês vão gostar bastante!)

A partir de agora teremos 3 atualizações por semana, nas segundas, quartas e sextas. Este ano, postanto, as atualizações ficarão assim:
Segunda-Feira: Giblog
Quarta-Feira: Punk the System
Sexta-feira: High School Sux

É com grande tristeza que faço este anúncio, leitores e leitoras. Sempre gostei de trazer conteúdo pra vocês durante a semana toda. Porém, essa mudança é necessária e acredito que será benéfica. Além de um quadrinho inédito que está por vir, poderei me dedicar a cada tira sem a pressão de postar diariamente.
E por enquanto, o Café do Feliz fará uma nova pausa de duas semanas nas atualizações por questões pessoais (preciso concluir um trabalho importante) e quando retornarmos, o blog funcionará de acordo com o novo cronograma.

Peço a compreensão de todos vocês, que me acompanham fielmente!
Obrigado!
-Feliz

High School Sux #295

hss_295

Estranhando High School Sux numa quinta-feira?
Adiantei em caráter excepcional o capítulo de amanhã, pois a partir de hoje estarei entrando em recesso!
Minhas férias chegaram e decidi aproveitar meu merecido descanso para me bronzear nas praias das Bahamas.
A boa notícia é que na semana que vem, como vocês já devem saber, participarei do FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos, em Belo Horizonte!
Estarei no evento do dia 11 ao dia 15 de novembro na mesa 40 da Área dos Artistas, junto com o Nicolas e o Tacilim, da 23 Comics e a Chairim, das Aventuras da Bruxinha Mô.
Se você é de BH ou arredores, dê uma passada no FIQ para dar um oi!
Mais informações, local do evento, atrações e etc, você pode encontrar aqui: http://fiqbh.com.br/

A previsão para o retorno é na semana do dia 23/11, se tudo der certo e eu não pegar insolação nas praias paradisíacas. Voltaremos com High School Sux em seus melhores momentos, a bizarrice do arco “Punk’s Dead” em Punk the System e mais!
Até lá, caríssimos leitores e leitoras!
-Feliz

Eita, Feliz!

hss_281

Bom… lembram o post de ontem, né?
Então, infelizmente devido a vários forninhos para segurar, essa semana não teremos High School Sux. Estou bolando outro arco para a série, mas a ideia ainda está em desenvolvimento… Me desculpem, gente. =T
Mas não se preocupem. Amanhã teremos Punk the System e na quinta teremos Café Diário normalmente.
Obrigado!
-Feliz

Jabá! Jabá!

Olá, leitores e leitoras do Café do Feliz!
Eu gostaria de ter feito este anúncio muito antes, mas graças a uma trolada épica dos correios, precisei adiar… Mas aqui está!!
Está disponível a partir de hoje na Happy Store este belíssimo lançamento em quadrinhos:
Webcomics Brasil apresenta: FLIPERAMAS!fliperamas1

Fliperamas é o primeiro lançamento do site Webcomics Brasil e conta com oito histórias sobre um dos passatempos favorito de todos nós: games!!
Todas elas criadas com muito carinho por diversos autores de webcomics que se reuniram para trazer para você esta coletânea bacanuda, da mesma forma que se reúne a galera pra uma boa jogatina!

Pag_1

Além de conter uma história inédita minha, a revista ainda traz os seguintes autores:
Yoshi Itice – Manjericcão
Wes Samp – Depósito do Wes
Welington Lima – Mundo Oco
Rafael Marçal – Proféticos
Digo Freitas – Diário de Ideias Gráficas (Quase) Originais
Rodrigo Sakai e Samanta Hit – Sapos e Fadas
Nicolas Cares – 23 Comics
Editado e diagramado por Mylle Silva (Webcomics BrasilManjericcão) e com a capa fodástica do Leonardo Maciel (Nabunda Nada).

Pra quem curte quadrinhos e games (ou seja, todo mundo), está imperdível! CLIQUE AQUI para adquirir a sua, ou clique na imagem abaixo:

capa_fliperamas_baixa

Lindona, né?
-Feliz

Giblog #110

cdf_110

Foi bom enquanto durou… mas  eu estava me achando parecido demais com o Primo It a cada vez que me olhava no espelho!
Ah, antes que me peçam pra mandar nudes foto, vou aproveitar e fazer um anúncio:

anuncio fest comix

Dia 17 a 19 de Julho estarei na 21ª Fest Comix! Quem ainda não adquiriu as HQs do Café do Feliz terá a oportunidade de levar a sua pra casa. Além disso, estou preparando outras surpresas bem bacanas pra vocês!
Então, não perca, porque ainda vai ter uma porrada de artistas sensacionais!!

Para antecipar seu ingresso, como chegar ao local e para outras informações, acesse o site: http://festcomix.com.br

Até lá, leitores e leitoras!
-Feliz

O Fim de uma Era.

Adeus

Caros leitores e leitoras.
Escrevi esse título sensacionalista de propósito para zoar todos vocês, fazendo vocês pensarem que o blog vai acabar.

Bem, não é hoje!

Mas com este post, anuncio que, por hora, estou suspendendo o Friday, bloody Friday.
Mas calma!! Não xinguem ainda!!
Bom, em agosto do ano passado, a pedido dos leitores, voltei com o Café Diário, que estava suspenso desde 2013. Mas não queria abrir mão de nenhuma sessão na forma que estava. Então, decidi me desafiar e postar 6 vezes por semana! Na época pensei “vamos ver até quando consigo manter a rotina”. E devo dizer que consegui por mais tempo do que imaginei! Porém, com o acúmulo de posts e uma nova realidade surgindo (como a publicação e venda dos quadrinhos, eventos em vista, por exemplo), infelizmente, chegou a hora de voltar à rotina de 5 posts por semana, de segunda à sexta.

“Mas, Feliz, os Fridays eram meus posts favoritos!”
Pois é! E acredite, eu gostava muito de fazer, também! Era um espaço que eu podia sair do formato de quadrinhos e falar sobre qualquer coisa. Qualquer assunto atual relevante, os bastidores da produção das tiras, quadrinhos que li e recomendo, qualquer coisa engraçada… A sessão rendeu alguns dos posts mais memoráveis e mais comentados aqui no blog.

Porém, desde que comecei com os 6 posts por semana, a qualidade dos Fridays foi caindo consideravelmente, até que eu já não estava mais tão satisfeito com os resultados. Afinal, imagine passar a semana inteira desenhando tiras desde domingo, até conseguir bolar um tema bacana na quinta à noite, preparar as imagens, desenhos, diagramar, escrever um texto bom e coerente… Na atual conjectura, com meu dia praticamente todo ocupado, fica meio difícil.
Esses dias, assistindo as novas temporadas dos Simpsons e vendo como a série lamentavelmente enfraqueceu com o passar dos anos, saquei que estava na hora de recuar. Decidi que, por hora, darei foco aos quadrinhos. Tenho ainda muitas ideias para High School Sux, Punk the System e o Café Diário, e pretendo trazer de volta o Giblog ao que era antes, mais surreal, mais livre e mais pessoal.

E o Friday vai acabar pra sempre?
Não! Digo, não exatamente, ou necessariamente. O Café Diário voltou, não voltou? Além disso, eu gosto de escrever, e sempre curti resenhar HQs. Volta e meia encontro um assunto bacana que gostaria de comentar e ouvir a opinião de vocês. Portanto, ainda devo postar um ou outro Friday por aqui. Porém, não semanalmente ou com a obrigatoriedade de antes. Vai ser como uma surpresa (o que, acredito, deve tornar o post mais especial).

E como fica agora?
Como eu disse, os posts voltam a com a periodicidade de segunda a sexta. Além disso, pretendo suspender também, por enquanto, a série do Infeliz e trazer o personagem de volta ao Giblog. Afinal, elas já estavam tão semelhantes que seria redundante ter duas. Além disso, um leitor certa vez me disse que preferia o Infeliz quando não tinha série própria. Infelizmente não lembro quem foi, mas seu desejo é uma ordem, leitor!

Bom, vamos ver como fica o calendário de tiras:

Segunda: Giblog
Terça-feira: High School Sux
Quarta-feira: Punk the System
Quinta-feira: Café Diário
Sexta-feira: High School Sux

Enfim, é isso aí. Espero não ter desapontado (tanto) a todos. Com o tempo extra, pretendo trazer quadrinhos melhores pra vocês e aperfeiçoar a técnica, tanto nos desenhos quanto na narrativa. Além disso, em breve trarei anúncios bem bacanas e algumas novidades!

Por enquanto, vamos relembrar alguns Fridays marcantes?
Listei aqui os meus favoritos!
Friday #015: O Fim do Mundo
Friday #020: Paper Toys
Friday #025: Traindo o Movimento Punk
Friday #030: Paper Toys Parte II
Friday #032: Bastidores Parte II
Friday #033: Rock ‘n’ Comics
Friday #035: Hipsters
Friday #036: Draw My Life
Friday #039: O Dia da Toalha, a Vida, o Universo e Tudo o Mais
Friday #044: Com que Roupa?
Friday #054: Vamos Cozinhar? (Sobre o fim de Breaking Bad)
Friday #065: The Authority
Friday #075: Antes e Depois
Friday #081: Punk que é Punk…
Friday #083: Calvin, Haroldo, Bill Watterson e o Trabalho
Friday #086: Viagem no Tempo
Friday #097: Linguagem Corporal
Friday #098: Remakes!
Friday #111: O Big Brother que Eu Queria Ver
Friday #113: Bastidores Parte III
Friday #117: A Piada Mortal da Capa

Caramba!! Escorreu uma lágrima ao lembrar de tanta coisa já publicada aqui! Tanta história, tanta gente que passou por aqui e deixou seu registro. Tanta gente que comentava nos posts daquela época e está aqui até hoje
Qual foi seu Friday favorito? Qual você acha que faltou aqui?
Da minha parte, vou sentir muita falta dessa sessão. Mais uma vez, peço desculpas aos leitores, mas espero ter mais oportunidades de trazer conteúdo bacana e de qualidade pra vocês.

Então, bom final de semana, leitores e leitoras.
Até segunda-feira!
-Feliz