12 ideias sobre “Café Diário #019

  1. Crianças de hoje chegam a assustar. E olha que nem tenho tanta diferença de idade para com a geração atual. Meninos de 6~8 anos falando palavrão (incluindo car****, bu**** e menções a sites pornô D:) Meninas de 7 armando umas pras outras. Sem sacanagem, isso existe, e eu sei porque eu presenciei exatamente o que acabei de falar quando tava cuidando do aniversário da minha irmã de oito anos. Crianças terríveis pra caramba, Ela convidou todos os colegas da sala dela, um colégio bom, particular, crianças de classe média alta. Dá uma vergonha e uma revolta com os pais, que pelo o que vi, pelo menos dos convidados, eram bem passivos e bundões.
    Uma malcriação da festa que me assustou MUITO foi um gordinho de 8 falando que quer promover um massacre na escola enquanto encarava um bolinho de colegas, e que a única convidada boazinha e educada, doce com todo mundo, tinha comentado pra minha irmã, a melhor amiga dela, que ela queria se matar por causa de bullying que ela sofria por ser bolsista. Caras, é desesperador.

    • Cara, isso é muito dark, hein!! o.O
      O pior é justamente isso, os pais andam tão ausentes e preocupados com qualquer outra coisa que tentam compensar com presentes e mimos, o que acaba estragando todo o processo de contrução do cartáter. O resultado é isso aí que você presenciou.

  2. É por isso, que existe a Disciplina! Amar e também colocar limites, onde já se viu uma criança respondendo e xingando adultos, isso não pode ser tolerado! Quando eu extrapolava, meu Pai me chamava pra uma boa conversa, e se não resolvesse umas palmadas no bumbum me colocariam no lugar! Os pais são figuras de autoridade, e é eles que devem moldar o caráter e a educação do filho, (pelo menos em sua infância) ensinado-o com amor e respeito.

  3. E por isso que eu falo sempre, são essas drogas de desenhos animados de hoje. Eu via DBZ, cavaleiros do zodíaco que vivem falando que são violentos e até os meus 14 anos eu não falava palavrão, hoje eu falo de vez em quando, e sempre fui um cara respeitoso.

  4. Os pais não sabem mais educar… Se eu soltasse um palavrão em casa o tempo fechava para mim. E outra coisa, dirigir-se aos mais velhos era sempre com senhor/senhora; hoje em dia é “e aí cara! Você tá velho hein, vai fazer uma plástica” e todo mundo acha lindo. :\

  5. O pior não é quando falam palavrão ou não tem educação isso até que da pra consertar… o pior é quando são mal carácter.
    Meu pai ajudou em uma festinha aqui do bairro onde fazíamos doações de brinquedos p/ crianças de até 12 anos. Tinha pirralho pegando presente escondendo lá nos arbustos do lado de fora e voltando pra pegar mais presentes, trocavam a roupa colocando um casaco ou capuz p/ não desconfiarem… me pergunto como vai ser as futuras gerações, as famílias estão desestruturadas e o governo só faz merda com a educação.
    -_-”

Deixe uma resposta