Giblog #146 – O Fim

CDF_final

Em 27 de agosto de 2012 postei aqui pela primeira vez.
Uma tirinha introdutória, bem basicona, com a ideia de fazer uma espécie de diário. Eu não sabia bem o que tava fazendo na época, só sabia que queria mostrar meu trabalho de alguma forma, e depois de muita insistência dos meus amigos, comecei a postar meus quadrinhos online. E aí, meio que surgiu o Café do Feliz.
Quase 6 anos depois, eu nem consigo imaginar como minha vida seria se eu não tivesse feito isso. E hoje estou postando aqui pela última vez.

MAS CALMA!! Leia tudo antes, hahaha!

Durante esses 6 anos, aprendi muita coisa! Muita coisa sobre quadrinhos, sobre internet, sobre pessoas, sobre novas ferramentas… Foram quase mil tirinhas feitas para o site, mais de 11 mil comentários… Várias séries como High School Sux, Punk the System, Café Diário, posts informativos com os Fridays… Em 2015 publiquei uma história na Fliperamas com vários colegas, uma coletânea sobre videogames, que foi muito bem recebida e rendeu uma indicação ao Troféu HQ Mix. Em 2016 quis me lançar em um novo desafio, apostando em narrativas mais complexas, com a parceria com o Digo Freitas (que aliás, conheci através do meu contato com as webcomics!), resultando na HQ Tinta Fresca – Destino Traçado, financiada pelo Catarse e indicada ao HQ Mix. De 2016 até este ano, desenvolvi Love Sucks que, recentemente, virou livro, novamente financiado pelo Catarse!

Tive a oportunidade de participar de vários eventos pelo país, como a Fest Comix, a Bienal de Quadrinhos de Curitiba, o FIQ e a Comic Con Experience. Conheci artistas incríveis durante esse período, os quais acabaram se tornando amigos queridíssimos!

Olhando pra trás, para aquele dia que publiquei timidamente uma tirinha tosca num blog que eu nem sabia onde ia dar, dá uma sensação muito boa, porque só consegui seguir essa trajetória toda porque você, que está lendo esse texto, me apoiou de alguma forma. Talvez você esteja aqui desde o comecinho, ou talvez tenha chegado no meio do caminho e foi acompanhando o que saía. Talvez tenha visitado a cada post novo, ou quem sabe esperava dar uma semana ou um mês pra ler tudo de uma vez. Talvez você tenha visto minhas twitcams, me ouvido contar a infame piada do bolo (duas vezes!) ou cantar Lucy in the Sky with Diamonds ao vivo! Talvez tenha apoiado algum dos projetos no Catarse, mas pode ser que só tenha compartilhado o link, ou só tenha desejado boa sorte. Talvez tenha se tornado um grande amigo. Talvez só nos conversamos às vezes pelas redes, ou até mesmo nunca tenhamos nos falado mas  mesmo assim você estava ali.

Não importa. Você estava ali, interagindo ou não. Me incentivando a continuar a fazer o que eu amo, mesmo sem saber. Você, leitor ou leitora, é a razão de eu ter chegado aqui e querer ir cada vez mais longe. Querer criar novas histórias, novas situações, novos personagens, conhecer mais lugares, mais pessoas, a fazer novos amigos. Aprender mais e mais! Graças a você, pude encerrar esse ciclo com a cabeça erguida e um sorriso no rosto. Feliz.
Muito obrigado a VOCÊ.

MAAAAAS…
E agora??

Calma, gente, calma! Hahahaha! O Café do Feliz está chegando ao fim, mas nem a pau que vocês vão se livrar de mim assim tão fácil!
Primeiro, do dia 06 a 09 de setembro, estarei na Bienal de Quadrinhos de Curitiba novamente, para lançar Tinta Fresca – Linha de Frente, o segundo volume da série criada pelo Digo. E quem ainda não adquiriu o livro Love Sucks pode comprar comigo no evento também, ou na CCXP em São Paulo, com o Ariel da Cunha e a Amanda Barros, meus editores, que vão estar no Artist’s Alley de lá. Em todo caso, se você não puder ir em nenhum dos eventos, mande uma mensagem através da minha página no Face ou no Twitter, que eu envio pelos Correios!
E, como vocês que me acompanham pelas redes já devem saber, estou planejando um reboot! Todo o aprendizado que adquiri durante esses anos irão servir de base para a criação de uma nova página, com um novo nome. Alguns elementos vão continuar, porém. Ainda quero trabalhar com os personagens que vocês conhecem e amam, dar a eles a chance de um novo começo. Ainda tô desenvolvendo isso, mas vocês vão ficar sabendo de tudo através das redes sociais, especialmente o Twitter. Não precisa deixar de me seguir, então, haha!

Enfim, eu acho que vocês vão gostar do que vou trazer pra vocês no futuro!
Mais uma vez, leitores e leitoras, muito obrigado por tudo que vocês me trouxeram.
Me despeço às lágrimas, mas sei bem que esse “adeus” é apenas um “até breve”.

-Vinícius Gressana (o Feliz).

O Falso 9 – O mistério

o falso 9

Essa tira faz parte de uma saga que vem se desenvolvendo pelas webcomics!
A brincadeira começou com o Will, do Will Tirando e foi seguindo…
Quem será o próximo? O que acontecerá com o romance entre o craque e a atriz?
Não deixe de acompanhar!

Segue a saga:
Will Tirando
Depósito do Wes
Magias e Barbaridades
Vacilândia
Mentirinhas
Blue e os Gatos

Até a próxima!
-Vini

Love Sucks – Capítulo 06

This is it, leitores e leitoras. O último capítulo!

Olhando pra trás, mal consigo acreditar que lá se foram 90 páginas. Pra mim, parece pouco, porque cada personagem (até mesmo os que mal aparecem) cresceu muito dentro de mim. Foi difícil me despedir, mas ao mesmo tempo, fiquei muito feliz por colocar um rumo na trajetória de cada um.

Obrigado a todos vocês que acompanharam a dura jornada de Diego, torceram, se decepcionaram, vibraram… enfim, sentiram a história. Obrigado por me permitirem continuar a fazer essa HQ, por todo apoio, pelos comentários, pelo feedback

Aaaaah, vou começar a verter lágrimas! Melhor postar logo os links dos capítulos anteriores e ir direto para o último!

Capítulo 01 / Capítulo 02 / Capítulo 03 / Capítulo 04 / Capítulo 05

06_0006_01 copiar06_02 copiar06_03 copiar06_04 copiar06_05 copiar06_06 copiar

Agradeço demais a Má Matiazi por ter me ajudado a revisar cada um dos capítulos e por ter me dado tanta força na divulgação dessa HQ! Agradeço a Mari Andrello pela ajuda que me deu nas cores durante a maior parte da história, mesmo quando ela tinha coisas mais importantes pra fazer!

Um agradecimento especial a todo mundo que ajudou a história a crescer compartilhando os capítulos! Só não menciono especificamente cada um pra não correr o risco de deixar alguém de fora, hahaha! Muito obrigado, meus amigos e amigas. Vocês me dão força todos os dias!

Por fim, decidi finalizar Love Sucks não com uma música deprê, mas com uma música bem pra cima! Dessas melodias que a gente cantarola do nada, sem perceber. Ironicamente, de autoria do Adicts, a mesma banda que compôs a música título desta HQ. Fiquem com essa pra começar bem o dia.

Bom, leitores… é isso aí!!
Em breve vou trazer novidades sobre o que vem por aí, tanto com relação a Love Sucks quanto ao futuro do Café do Feliz.
Por enquanto, deixe seu comentário dizendo o que você achou do final!
Até a próxima!
-Vinnie

 

Love Sucks – Capítulo 05

Aeee! Finalmente saiu!
Já faz 84 anos que postei o capítulo 04, mas isso por que aconteceram algumas coisas que atrasaram um bocado meu processo.

A primeira é que fiz cirurgia de correção de miopia que, apesar de conceder o incrível dom da visão correta, me deixou um mês sem conseguir enxergar direito. Durante esse período não consegui desenhar NADA!
A segunda foi minha mudança de volta à Hell City. Como anunciei no twitter, sim, estou de volta à terrinha que me criou. Acredito que isso deve influenciar bastante meu ritmo de produção e meus planos para o futuro do CdF. Aguardem, pois 2018 será um ano cheio de novidades!

Mas, por enquanto, que tal relembrar os capítulos anteriores antes de começar a ler o PENÚLTIMO arco da saga de Diego Marques? Afinal, o primeiro capítulo saiu há praticamente um ano!
Capítulo 01
Capítulo 02
Capítulo 03
Capítulo 04

Lembrou? Então, vamos lá!

05_0005_0105_02 copiar05_03 copiar05_04 copiar05_05 copiar05_06 copiar05_07 copiar

05_08 copiar05_09 copiar05_10 copiar05_11 copiar05_12 copiar05_13 copiar05_14 copiar05_15 copiar05_16 copiar05_17 copiar05_18 copiar05_19 copiar05_20 copiar

Como sempre, agradeço a Má Matiazi por ter feito a revisão do capítulo. A Má tá me dando uma força incrível, então, nada mais justo do que a gente retribuir dando uma força pra ela, acompanhando O Abismo.

Desta vez a Mari Andrello não pôde me ajudar com as cores por estar sobrecarregada de trabalho, mas fica aqui meu muito obrigado por todo o apoio que ela tem me dado desde que comecei esse quadrinho. <3

E, para finalizar, a música da mix-tape de hoje que dá o título ao capítulo é outro CLÁSSICO do punk rock, da banda britânica Buzzcocks. Não tem como não balançar a cabeça ouvindo essa música, perfeita para tentar (em vão) espantar a bad de mais uma frustração amorosa. Já se apaixonou por alguém por quem não deveria ter se apaixonado?

Estamos quase no fim da história! Resta apenas um capítulo, que será entregue em janeiro de 2018 (prometo!).
Não deixe de comentar dizendo o que você achou e como você acha que a história vai acabar.
Grande abraço e até a próxima!
-Vinnie

 

Love Sucks – Capítulo 04

Olá, leitores e leitoras!
Trago a vocês, mais um capítulo da saga de Diego em busca da superação do traumático pé-na-bunda. E neste capítulo, finalmente conheceremos a dona do mencionado pé! Prepare-se, pois a história está chegando ao clímax!

Este capítulo também traz algumas referências a personagens e acontecimentos dos capítulos passados, principalmente do segundo e do terceiro. Caso você queira reler os capítulos anteriores para relembrar, ou se ainda não leu, clique nos links abaixo:
Capítulo 01
Capítulo 02
Capítulo 03

Sem mais delongas, vamos lá!

Agradecimentos, mais uma vez, à querida Mari Andrello, que contribuiu com os flats no processo de colorização das páginas (<3) e à Má Matiazi, que fez a revisão do texto do capítulo e contribuiu como minha leitora sensível (descobri o termo recentemente). Muito obrigado!

O próximo capítulo pode demorar um pouquinho, pois pretendo me dedicar a outros projetos como o Tinta Fresca 2 (que já está na fase de desenho das páginas) e outras surpresas… Hehe. Mas não se preocupem, Love Sucks está sendo planejada para que eu possa entregar a vocês o melhor que eu puder!

A trilha da mix-tape de hoje é um clássico de um dos discos mais marcantes da história do rock: London Calling, da banda punk The Clash! Train in Vain, composta por Mick Jones, é indispensável para aqueles momentos de bad vibes causadas por um amor perdido.

Espero que tenham curtido o capítulo, leitores e leitoras!
Não deixe de comentar dizendo o que você achou, o que está achando da história e o que você espera ver.
Grande abraço e até a próxima!
-Vinnie

Love Sucks – Capítulo 03

Olá, olá, leitores e leitoras!
Quanto tempo, né?
Depois de mais de dois meses, finalmente trago a vocês o terceiro capítulo de Love Sucks! Mas essa demora teve um motivo, afinal, este é o capítulo mais longo da história, com 24 páginas no total.
E hoje, veremos Diego passar por um período que muitos consideram a melhor fase das nossas vidas, mas quem está vivendo essa fase sabe que não é beeeeem assim.
Falo, é claro, da universidade. Entre as bebedeiras, reuniões estudantis, churrascos e protestos, há ainda estágios não remunerados, professores sádicos e seminários sem fim.

E se você não leu o quer reler os primeiros capítulos, clique aqui e aqui.
Sem mais demora, vamos lá!

E, mais uma vez, para os leitores que se interessam pela continuidade em High School Sux, as cenas do flashback deste capítulo se passam antes do arco “Dias de um Colegial Esquecido“. Espero estar conseguindo encaixar direitinho a história. Como eu disse, estou tentando escrever pensando nos leitores antigos e nos novos.

Meus agradecimentos à Má Matiazi que fez a revisão deste capítulo. Continuem a acompanhar O Abismo, HQ de terror que ela publica online aqui! Ela publica bem mais regularmente do que eu, então não deixem de conferir.
Um muito obrigado à Mari Andrello, também, que me ajudou no processo de colorização do capítulo. <3

E a música da “mix-tape” deste capítulo vem do disco Milo Goes to College, dos Descendents. Uma das faixas mais marcantes de um disco que fez parte da minha vida em diversos momentos cruciais. Decidi homenageá-lo neste capítulo, e pelo título, não podia ser mais adequado.

Bom, é isso aí, leitores e leitoras!
Espero que tenham gostado deste capítulo. Não deixe de comentar, dizendo o que achou do capítulo, o que está achando da história e o que você espera ver.
Grande abraço e até a próxima!
-Vinnie

Love Sucks – Capítulo 02

Olá, leitores e leitoras!
O capítulo de hoje de Love Sucks vai te levar de volta a uma época que você achava que era simples, mas pode parecer bem assustadora em retrospecto: a adolescência!
E se você ainda está passando por essa fase, lhe desejo a melhor das sortes para sair dela sem maiores traumas.

Se você perdeu ou quer reler o Capítulo 01, pode clicar aqui.
E vamos lá!

02_01-copiar 02_02-copiar 02_03-copiar 02_04-copiar 02_05-copiar 02_06-copiar 02_07-copiar 02_08-copiar 02_09-copiar 02_10-copiar 02_11-copiar 02_12-copiar 02_13-copiar 02_14-copiar 02_15-copiar 02_16-copiar 02_17-copiar

Pra quem se interessa por continuidade, os flashbacks se passam antes do início de High School Sux, quando Diego ainda não estudava no Independência.
Estou procurando encaixar tudo certinho na cronologia para que a história possa ser apreciada tanto pelos novos leitores quanto pelos antigos.

Mais uma vez, agradeço a Má Matiazi que me ajudou com a revisão do texto e algumas dicas. A Má é quadrinista e começou recentemente um canal no YouTube com dicas de ilustração e quadrinhos. Clique aqui pra conferir o canal e aqui pra acompanhar a webcomic de terror O Abismo!

Outro agradecimento especial à Mari Andrello, que me ajudou fazendo os “flats” das páginas, o que me poupou muuuuito tempo da colorização.
Muito obrigado mesmo, Mari! <3

Seguindo a ideia de fazer dessa história uma espécie de “mix-tape” pros momentos de sofrência, a trilha sonora deste capítulo é do segundo álbum de estúdio do Green Day, o Kerplunk. Pouco conhecido, mas um dos meus favoritos do trio. A vibe teen do disco é irresistível e as páginas de hoje estão cheias de referências a ele (e à banda).

Por hoje é só, leitores e leitoras. Espero que estejam curtindo a HQ!
Até o próximo capítulo!
-Vinnie

O Andarilho: Quebrando paredes e costelas

andarilho

Olá, leitores e leitoras!
O Andarilho é uma brincadeira proposta pelo Fábio Coala, em que o nosso amigo de camiseta vermelha da tirinha acima faz um tour pelas webcomics nacionais!
Ele já visitou vários quadrinhos e, depois de ser mandado pra cá pelo Leonardo Maciel, está indo para o site do Sir Holland, o Bravo, do Sandro Zambi!
Não deixe de conferir!

Você pode acompanhar a jornada do Andarilho aqui:

Mentirinhas
Will Tirando
Depósito do Wes
Vacilândia (por Marçal)
Manjericcão
RYOTiras
Digo Freitas
Blue e os Gatos
Por quê, Pedro?
As Aventuras da Bruxinha Mô
Como Eu Realmente
Objetos Inanimados
Mundo Amarelo
Baboom
Mari Santtos
Barba do Bardo
Navio Dragão
Quadrinhos Ácidos
Um Sábado Qualquer
Maciel Corporation

Até a próxima!
-Vinnie

Os quadrinhos mais “TOPZERA” de 2016

Olá, leitores e leitoras!
Começamos o ano com uma retrospectiva em quadrinhos das minhas leituras de 2016 (essa, pelo menos, não é tão catastrófica quanto a da Globo).
Então prepare um café e se ajeite na poltrona, porque a lista é longa. São mais de 40 títulos listados, nacionais ou gringos, independentes ou editoriais.
Espero que curtam!

Deixe registrado nos comentários o que você achou da lista, suas opiniões sobre os quadrinhos lançados em 2016 e suas próprias recomendações.
Valeu, pessoal!
-Vinnie

Love Sucks – Capítulo 01

Olá, leitores e leitoras!
Este é o primeiro capítulo de uma história que vem ocupando um cantinho da minha cabeça desde a primeira metade do ano.
Depois da turnê de lançamento do Tinta Fresca consegui colocar tudo em ordem, e aqui vocês conferem a primeira parte de um projeto maior que preparei para vocês em 2017.
Sem mais delongas, aqui vai!

01_01 01_02 01_03 01_04 01_05 01_06 01_07

Já havia comentado aqui que eu iria mudar minha rotina de trabalho com os quadrinhos para me adequar à minha nova realidade, mas assim como alguns leitores, eu havia estabelecido laços com os personagens que criei.
Decidi então utilizar personagens já conhecidos em uma história completamente nova e fechada, para que leitores antigos e novos pudessem aproveitá-la da mesma forma. Estou bem ansioso com esse projeto e espero que vocês curtam!

Um agradecimento especial à Má Matiazi que fez a revisão do texto e se prontificou de imediato a me ajudar com o roteiro. Ela é escritora e quadrinista e você confere o trabalho dela aqui. Valeu, Má!

Love Sucks, como vocês já devem ter percebido, é uma história sobre a famosa “bad” pós-relacionamento. Quem já passou por isso (imagino que todo mundo) poderá se identificar com uma coisinha ou outra nos quadrinhos. Uma delas é a soundtrack depressiva que todo mundo cria para se afundar ainda mais na fossa. Por isso, a HQ vai funcionar como uma mixtape pra curtir uma dor de cotovelo, com cada capítulo levando o título de uma música. E a faixa de abertura escolhida é essa aqui:

Por enquanto é isso, leitores e leitoras. Aguardem mais capítulos para o ano que vem!
-Vinnie